NÚCLEO DE CULTURA POPULAR 55+

O projeto vem sendo desenvolvido desde 2015 na zona oeste de São Paulo. 
Os encontros primam pelo conhecimento através de diversas vivências no universo da cultura popular, tendo como base metodológica aulas regulares de música ( canto e percussão) e dança (rítmo, danças populares e expressão teatral). Também conta com a exposição de diversas referências visuais, musicais e textuais, troca de saberes e vivências compartilhadas.
Estimulando a memória e o resgate de histórias através da imersão nos contextos sociais e políticos em que as manifestações populares acontecem, promovendo o convívio e a  sociabilização entre idosos contribuindo para melhoria da auto estima e bem-estar.

Carolina Moya 
Artista, arte educadora, pesquisadora de cultura popular e de práticas corporais. Formada em dança e performance pelo curso de Comunicação das Artes do Corpo – PUC SP. Desde 2011 vem investigando diálogos possíveis, no corpo, entre as duas manifestações mais presentes em sua trajetória: o flamenco e as danças populares, nas linguagens da dança e
da performance.
Carolina é arte educadora, trabalhou no Piá, Escola Lumiar e Santi. Na área
da pesquisa atuou como redatora de verbetes de dança da Enciclopédia de
Artes e Cultura Brasileiras do Instituto Itaú Cultural. É integrante do Azougue Laboratório de Experimentação cênica, e também do Núcleo Manjarra, da Cia Mundu Rodá, ambos coordenados por Alício Amaral e Juliana Pardo.
Foi co-fundadora e bailaora da Oficina Flamenkera, junto com Cylla Alonso, diretora e coreógrafa do grupo. Foi professora do espaço de convivência do idoso, no Parque da Água Branca, de danças populares e de alongamento. Na rede Sesc Carolina ministra oficinas de dança para crianças, jovens, adultos e terceira idade há 5 anos ininterruptos. 

Xavier Francisco
Multi Instrumentista e Produtor Musical, cearense, vive em São Paulo
desde 2004. Com formação inicial em Pedagogia, já trabalhou em diversos
projetos sociais como Arte Educador.
Foi Coordenador Pedagógico da Casa Taiguara de Cultura, durante seis
anos, na cidade de São Paulo, onde desenvolvia projetos com crianças e
adolescentes em situação de rua da região central de São Paulo.
Trabalha desde 2006 no Espaço de Convivência do Idoso, no Parque da
Água Branca, ministrando aulas de violão e percussão.
Em sua trajetória como músico já desenvolveu trilhas para desfiles de moda,
documentários e peças de teatro. Em 2014, lançou o disco Aglomerado
(resultado de uma oficina de 6 meses de percussão no bairro do Bixiga,
região central de São Paulo).
Desde 2004 atua como músico e produtor musical de diversos projetos
como Soul Zé, Los Porongas, Luê, Aíla, Zebrabeat Afro Amazônia Orquestra,
Arthur Nogueira, JUNU, Fernando Catatau e o Instrumental e, atualmente
é integrante das bandas Di Melo, Soledad, Héloa, Marcelle, Vitoriano E Seu
Conjunto, Daniel Peixoto e Aglomerado.

Investimento mensal: de 170,00 a 200,00. Você pode escolher entre esses valores a quantia que quer contribuir por mês.

Formas de pagamento: A combinar.